Em formação

Raças de cabras: cabra crioula

Raças de cabras: cabra crioula

Origem e difusão

Origem: Guadalupe (França).

Criada nas Antilhas, a cabra crioula descende de várias cruzes (Europa, África, Índia), mas tem um genótipo próximo ao das raças africanas.
As condições climáticas, alimentares e patológicas muito vinculativas com as quais ela chegou a um acordo permitiram que ela desenvolvesse extrema adaptabilidade. Os numerosos cruzamentos, a seleção natural e a exploração para usos diversificados tornaram a raça altamente rústica. Pode acasalar durante todo o ano e possui uma taxa excepcional de fertilidade e prolificidade, à qual se combinam boas qualidades maternas. Dá à luz 2 ou 3 crianças por gravidez (2,3 em média) na proporção de 3 partes a cada 24 meses. A mortalidade pré-desmame é baixa em comparação com outras raças tropicais.

Características morfológicas e produtivas

A cor predominante da pelagem é preta, mas também existem outras combinações de cores (preto, castanho e cinza).

Tamanho pequeno.

Peso médio:
- Macho: 38 kg
- Fêmea: 28 kg

É muito apreciado pela carne de seus filhos. Em Guadalupe, mas também na Índia, a cabra gera excelentes preços: é criada principalmente para carne, mas também é comprada para cerimônias tradicionais de sacrifício.


Cabra crioula (foto www.antilles.inra.fr)


Cabra crioula (foto www.antilles.inra.fr)



Vídeo: TV do Berro - Suetônio Vilar, Santa Inês e Alpinas - (Setembro 2021).